Mundo

Voo "para lado nenhum" esgota em 10 minutos

Jason Reed

Estes voos panorâmicos são uma tendência crescente na Ásia. Descolam e pousam no mesmo aeroporto.

Um voo panorâmico de sete horas sobre as áreas de Outback e a Grande Barreira de Corais da Austrália esgotou em 10 minutos, segundo a Qantas Airways Ltd.

Esta é uma tendência crescente na Ásia de oferecer "voos para lado nenhum" que decolam e pousam no mesmo aeroporto.

As duras restrições nas fronteiras para manter o novo coronavírus sob controlo levaram a uma queda de 97,5% nas viagens internacionais na região, de acordo com a Association of Asia PacificAirlines.

Muitos passageiros deixaram de entrar em aviões e companhias aéreas, incluindo a Taiwan Airways Corp e a japonesa ANAHoldings Inc, que precisam de receitas e querem manter as licenças dos pilotos em dia e, por isso, oferecem voos turísticos especiais.

O voo da companhia Qantas num Boeing Co 787, normalmente usado para viagens internacionais de longa distância, vai voar a níveis baixos sobre Uluru, a Grande Barreira de Corais. Parte de Sidney e volta a pousar no mesmo aeroporto.

Os bilhetes custaram entre 485 e 2.334 euros, dependendo da classe, e estavam disponíveis 134 lugares.

"É provavelmente o voo que esgotou mais rápido na história da companhia (...) As pessoas claramente sentem falta de viagens e da experiência de voar. Se houver procura, vamos pensar em fazer mais desses voos panorâmicos".

  • Covid-19. Conselho de Ministros anuncia hoje novas medidas

    Coronavírus

    O Conselho de Ministros reúne-se para decretar "ações imediatas" de controlo da pandemia. O recolher obrigatório é uma das propostas apresentadas pelo Governo aos partidos esta 6ª feira. Os EUA ultrapassaram os 9 milhões de casos de Covid-19. Protestos violentos em vários países contra as medidas de combate à pandemia.

    Ao Minuto

    SIC Notícias