Mundo

"Símbolo de resistência": ativista indiana de 82 anos entre os mais influentes do mundo

Revista Time elege as personalidades do ano 2020.

Bilkis

Bilkis

Anil Sharma / Alamy Stock Photo / Time

Uma indiana de 82 anos foi nomeada pela revista norte-americana Time como uma das personalidades mais influentes no mundo em 2020.

Bilkis foi o rosto de um longo protesto pacífico protagonizado por um grupo de mulheres contra uma polémica lei da nacionalidade na Índia.

Todos os anos a revista Time nomeia pioneiros, líderes e ícones de todo o mundo que causaram impacto.

O perfil de Bilkis publicado pela Time, popularmente conhecida como Dadi (avó em hindi), foi escrito pela jornalista e autora indiana Rana Ayyub, que a descreve como "a voz dos marginalizados".

"Bilkis deu esperança e força a ativistas e líderes estudantis que estavam a ser presos por defenderem a verdade incómoda numa democracia que resvala para o autoritarismo e inspirou outros protestos pacíficos em todo o país", escreve Ayyub.

Logo após o anúncio, os hashtags #ShaheenBagh, a área onde ocorreram os protestos, e #Bilkis chegaram ao topo das tendências do Twitter.

Citado pela BBC, o realizador de Bollywood Onir considerou-a "a voz corajosa e inspiradora de Shaheen Bagh", no Twitter. A advogada Karuna Nundy twittou que a "recuperação da Constituição em Shaheen Bagh" por Bilkis foi um dos atos mais inspiradores deste ano.

Protestos em Shaheen Bagh

Protestos em Shaheen Bagh

Danish Siddiqui / Reuters

Dezenas de milhares protestarm meses contra a lei da nacionalidade

A localidade muçulmana Shaheen Bagh foi palco de um longo protesto pacífico contra a polémica Lei da Nacionalidade (Citizenship Amendment Act - CAA). Várias mulheres de diferentes religiões protestaram pacificamente, lendo a constituição da Índia, fazendo discursos reafirmando a sua cidadania e cantando canções patrióticas.

Foram elogiadas pela sua tenacidade e consideradas inspiradoras para a sociedade.

Foram apresentadas várias petições em tribunal por partidos políticos, muçulmanos e grupos da sociedade civil a argumentar que a nova lei de cidadania era ilegal, pois concedia a cidadania com base na religião, o que vai contra os valores seculares da Índia consagrados na constituição.

  • Covid-19. Conselho de Ministros anuncia hoje novas medidas

    Coronavírus

    O Conselho de Ministros reúne-se para decretar "ações imediatas" de controlo da pandemia. O recolher obrigatório é uma das propostas apresentadas pelo Governo aos partidos esta 6ª feira. Os EUA ultrapassaram os 9 milhões de casos de Covid-19. Protestos violentos em vários países contra as medidas de combate à pandemia.

    Ao Minuto

    SIC Notícias