Mundo

Governo francês confirma que ataque em Paris foi ato terrorista

Tomás Pires

Tomás Pires

Editor de Imagem

Mais cinco pessoas foram detidas, que se juntam ao paquistanês e ao argelino que já estavam sob custódia das autoridades.

Dois jornalistas foram esfaqueados esta manhã em Paris, a pouco mais de 100 metros da antiga redação do Charie Hebdo, o jornal satírico que foi alvo de um ataque terrorista há cinco anos.

As autoridades e o governo francês já confirmaram que se tratou de um ato terrorista. Têm já 7 pessoas detidas, entre eles um paquistanês de 18 anos que acreditam ter sido o principal autor dos crimes.