Mundo

Nagorno-Karabakh: Dois jornalistas franceses feridos em ataque azerbaijão

Stringer .

Jornalistas do Le Monde.

Dois jornalistas do jornal francês Le Monde ficaram feridos num ataque de artilharia azeri na região separatista de Nagorno-Karabakh, anunciou esta quinta-feira o Governo da Arménia.

"Jornalistas do Le Monde foram vítimas de um ataque de artilharia na área da cidade de Martuni (perto da linha de separação com as forças do Azerbaijão). Dois ficaram feridos", disse Hovhannes Movsisyan, porta-voz do Governo arménio, referindo-se a um repórter de escrita e um repórter fotográfico.

De acordo com dados preliminares, os feridos no ataque são cidadãos franceses e foram transferidos para um hospital na área.

O canal de televisão russo Dozhd também informou que o seu diretor-adjunto foi vítima do mesmo ataque de artilharia, mas não ficou ferido.

Cerca de 200 jornalistas, representando mais de 50 meios de comunicação estrangeiros, credenciaram-se no Ministério dos Negócios Estrangeiros da Arménia para cobrir a maior escalada de tensões em Nagorno Karabakh desde a assinatura de um cessar-fogo entre a Arménia e o Azerbaijão, em 1994.