Mundo

Antigo presidente da Pescanova condenado a 8 anos de prisão

Justiça considerou que manipulou as contas da empresa.

O antigo presidente da Pescanova foi condenado a oito anos de prisão.

A justiça espanhola deu como provado que manipulou as contas da empresa para captar investidores e continuar a obter financiamento bancário