Mundo

Partido de extrema-direita grego considerado organização criminosa

Vários grupos de manifestantes envolveram-se em confrontos, em Atenas.

A polícia grega disparou gás lacrimogéneo e canhões de água para tentar dispersar a multidão que se envolveu em confrontos na Grécia, esta quarta-feira de manhã.

A violência aconteceu depois de um tribunal ter considerado o partido da extrema-direita, Aurora Dourada - que chegou a ser o terceiro maior no Parlamento grego em 2015 - uma organização criminosa.

Vários líderes do partido foram condenados, num julgamento que durou cinco anos.