Mundo

Evo Morales diz que "mais tarde ou mais cedo" volta à Bolívia

Rui Rocha

Rui Rocha

Editor de Imagem

Candidato apoiado pelo antigo Presidente venceu eleições à primeira volta.

Antigo ministro da economia de Evo Morales, o socialista Luis Arce declarou vitória e prometeu um Governo de unidade nacional.

As projeções são claras. Com mais de 52% dos votos e uma diferença de 20 pontos sobre o principal adversário, dificilmente haverá segunda volta.

Exilado na Argentina, mas com o partido de regresso ao poder, Morales diz que, mais cedo ou mais tarde, volta ao país. O homem que governou durante 13 anos fala num dia histórico.

As eleições do ano passado provocaram uma onda de violência na Bolívia. Desta vez, a votação decorreu de forma pacífica.