Mundo

Violência policial na Nigéria: protesto pacífico terá causado vários mortos

Números oficiais apontam para um morto e 30 feridos, um número que é contrariado pelos relatos dos manifestantes.

Várias pessoas terão sido mortas, esta terça-feira, durante um protesto pacífico em Lagos, na Nigéria. Nas últimas duas semanas milhares de pessoas têm-se manifestado contra repressão policial e a tortura no país.

Os manifestantes acusam a Unidade Especial Anti-roubo de matar por matar. O Governo já anunciou o fim desta polícia, mas os cidadãos exigem a aplicação de medidas contra a habitual violência das autoridades.

Os dados oficiais avançam que morreu uma pessoa e 30 ficaram feridas, o que contraria os relatos da Amnistia Internacional e de muito nigerianos. A ONU e a União Europeia já condenaram a violência policial na Nigéria.