Mundo

Comboio-bala no Japão atinge 382 quilómetros por hora em teste

JR East

O ALFA-X não é o comboio mais rápido, mas é o mais rápido nas linhas ferroviárias tradicionais.

Um novo modelo de comboios-bala do Japão foi hoje apresentado publicamente, durante um teste em que atingiu 382 quilómetros por hora, pouco menos de metade da velocidade de um avião comercial de tamanho médio.

O ALFA-X começou os testes no ano passado para entrar em funcionamento regular até 2030, tendo a empresa responsável organizado um teste, que decorreu pelas 00:00 (15:00 de terça-feira em Lisboa), para os jornalistas locais.

A velocidade máxima atual dos comboios-bala do Japão, chamados 'shinkansen', é de 320 quilómetros por hora (km/h), com o modelo E5, que entrou em serviço em março de 2011 e está a operar no Japão e em França.

No entanto, o modelo ALFA-X pode atingir a velocidade recorde de 400 km/h em linhas ferroviárias tradicionais.

A empresa responsável, a JR East, uma das empresas ferroviárias do Japão, está a planear utilizar o ALFA-X para cobrir a rota entre Tóquio e o norte do país.

De acordo com a agência de notícias local Jiji Press, quando o ALFA-X atingiu 320 km/h, o ruído dentro das carruagens e a vibração foram mínimas, aumentaram ligeiramente aos 360 km/h, até que num determinado ponto o comboio atingiu a velocidade máxima de 382 km/h.

"Após um ano e meio de testes, o ALFA-X pode agora avançar com um certo nível de estabilidade", disse um dos gestores de projeto da JR East Koji Asano, citado pela Jiji Press.

O ALFA-X não é o comboio mais rápido, mas é o mais rápido nas linhas ferroviárias tradicionais.

O Japão está a desenvolver outro projeto, um comboio de levitação magnética (maglev) que vai entrar em funcionamento até 2027 e poderá viajar a cerca de 500 km/h.