Mundo

Atacante morto em tiroteio em Viena era simpatizante do Daesh

Cinco pessoas morreram, incluindo um atacante.

Um dos autores do ataque, que fez cinco mortos e vários feridos em Viena na segunda-feira, era "um simpatizante" do Daesh, anunciou esta terça-feira o ministro do Interior austríaco.

Um dos tiroteios ocorreu na rua onde fica a principal sinagoga de Viena. O líder da comunidade judaica confirmou que não há vítimas dentro do edificio, uma vez que estava fechado.


Cinco pessoas morreram, incluindo um atacante, numa série de ataques com armas automáticas na noite de segunda-feira em Viena, segundo um novo balanço das autoridades austríacas.


O ataque, o primeiro em Viena em 35 anos, começou com um tiroteio por volta das 20:00 de segunda-feira (19:00 em Lisboa) numa rua central onde fica a sinagoga principal de Viena, então fechada, próxima de uma área de bares muito frequentada.

  • 3:09