Mundo

Sobreviventes da célula jihadista responsáveis por duplo atentado em Barcelona começam a ser julgados

Ataques aconteceram a 17 de agosto de 2017.

Mais de três anos após o duplo atentado que matou 16 pessoas nas cidades de Barcelona e Cambrils, a justiça espanhola inicia na terça-feira o julgamento dos sobreviventes da célula jihadista.

A 17 de agosto de 2017 nas Ramblas, em Barcelona, um homem ao volante de uma carrinha alugada atropelou indiscriminadamente quem passava. Matou 14 pessoas e feriu mais de uma centena. Oito horas mais tarde, a cerca de 100 quilómetros houve um outro ataque na cidade costeira de Cambrils também na Catalunha.

Os atentados fizeram 16 vítimas mortais, mas os planos terroristas iam mais longe e previam a colocação de bombas simultâneas em locais emblemáticos de Espanha.