Mundo

Começa o julgamento dos três cúmplices do duplo atentado de 2017 na Catalunha

Duplo atentado fez 16 vítimas mortais.

Começou esta terça-feira em Barcelona, sob fortes medidas de segurança, o julgamento dos três homens considerados cúmplices do duplo atentado em agosto 2017 na Catalunha.

Têm 23, 27 e 31 anos e o Ministério Público pede penas de prisão entre os 8 e os 41 anos.

O duplo atentado fez 16 vítimas mortais entre elas duas crianças de 3 e 7 anos, mas os planos da célula terrorista previam a colocação de bombas em locais emblemáticos de Espanha.

Uma explosão acidental em Alcanar, na casa onde o grupo estaria a construir as bombas, acabou por evitar o pior. O imã e suposto líder do grupo acabou por morrer nesta explosão.

Estes 3 homens vão ser julgados não pela autoria dos ataques em Barcelona e em Cambrils, mas por pertenceram à organização terrorista, por fabricarem e armazenarem explosivos e por conspiração para cometerem atos terroristas.

  • Não estou de acordo

    Opinião

    Não estou de acordo com métodos medievais para enfrentar uma pandemia. Se os vírus evoluíram, a organização da sociedade também deveria ter evoluído o suficiente para os combater de outra forma. O recolher obrigatório é próprio dos tempos obscuros e das sociedades não democráticas. Proibir as pessoas de circular na rua asfixia a economia e não elimina a pandemia.

    José Gomes Ferreira