Mundo

Presidente do Turquemenistão imortaliza paixão por cães numa estátua exuberante

Vyacheslav Sarkisyan

Não é surpresa a afeição pelo cão pastor da Ásia Central.

O Presidente do Turquemenistão decidiu imortalizar a sua paixão pelo cão pastor da Ásia Central, também conhecido por alabai, numa gigante e exuberante estátua dourada com seis metros de altura na capital do país.

Esta raça de cães, autóctone do país, é considerada património nacional do Turquemenistão. Em 2017, o Presidente Gurbanguly Berdymukhammedov ofereceu uma cria ao homólogo russo, Vladimir Putin, num encontro para assinalar as boas relações entre as nações. Em 2019, publicou um livro sobre os alabai e, numa reunião, recitou um poema que escreveu em homenagem à raça.

Vyacheslav Sarkisyan

Agora, o mais recente símbolo desta paixão é o monumento inaugurado na quarta-feira. Para além da figura imponente em dourado, por baixo da estátua está um ecrã LED onde são emitidas imagens destes cães.

O Governo do Turquemenistão admite mesmo propor à UNESCO a nomeação da raça para Património Mundial. Os alabai são tradicionalmente utilizados como cães de guarda em países como o Cazaquistão, Quirguistão e Tajiquistão.

  • 0:43