Mundo

Nagorno-Karabakh. Turquia e Rússia criam centro de observação ao acordo de cessar-fogo

Umit Bektas

O Azerbaijão e a Arménia assinaram no início de novembro um acordo patrocinado pela Rússia que pôs fim a seis semanas de confrontos

A Turquia assinou com a Rússia um acordo sobre o estabelecimento de um centro de observação conjunto para monitorizar o cessar-fogo no Nagorno-Karabakh, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa turco.

"Foi assinado um acordo após negociações sobre as modalidades técnicas do estabelecimento e os princípios de funcionamento do centro conjunto turco-russo", indicou o organismo na rede social Twitter.

"Estão a ser feitos os esforços necessários para que o centro esteja operacional o mais rapidamente possível", adiantou.

Ancara e Moscovo tinham assinado em meados de novembro um memorando sobre a criação de um centro de controlo conjunto, indicando a Turquia que seria estabelecido num local escolhido pelo Azerbaijão.

O Azerbaijão e a Arménia assinaram no início de novembro um acordo patrocinado pela Rússia que pôs fim a seis semanas de confrontos em Nagorno-Karabakh, região separatista do Azerbaijão de maioria arménia, que causaram mais de 4.000 mortos, segundo o presidente russo, Vladimir Putin.

Para acompanhar o respeito do cessar-fogo, que consagra ganhos territoriais de Baku e prevê que os arménios abandonem determinadas zonas, Moscovo iniciou o destacamento de uma força de "manutenção da paz".

Numa moção enviada a 16 de novembro à assembleia nacional, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, pediu autorização para enviar soldados para o Azerbaijão para participar na missão russo-turca.