Mundo

Centenas de pessoas prestam homenagem ao general Soleimani no aniversário da morte

O general iraniano foi morto num ataque aéreo dos Estados Unidos.

Na véspera do primeiro aniversário da morte do general iraniano Qasem Soleimani, centenas de pessoas prestaram-lhe homenagem.

Soleimani foi assassinado a 3 de janeiro de 2020 por um ataque aéreo norte-americano, ordenado pelo Presidente Donald Trump.

Num discurso de homenagem, o novo comandante da Força Quds ameaçou vingar-se “na própria casa dos Estados Unidos”.

O general era líder da Guarda Revolucionária do Irão e responsável pelas operações no estrangeiro. Desempenhou um papel chave nas negociações políticas sobre a formação de um Governo no Iraque.

Qasem Soleimani é visto pela população iraniana como um herói, tendo sido considerado como um dos homens mais poderosos do Médio Oriente.