Mundo

Famosas praias de Bali estão cobertas de plástico

(Arquivo)

Johannes Christo

Só em dois dias foram recolhidas 90 toneladas de lixo.

Várias praias de Bali, na Indonésia, estão cobertas de lixo, num fenómeno que os especialistas dizem ocorrer anualmente devido à temporada de monções, a má gestão de resíduos e a crise de poluição marinha.

Na sexta-feira e sábado foram recolhidas no total cerca de 90 toneladas de plásticos das praias de Kuta, Legian e Sminyak, mas mais lixo continua a dar à costa diariamente, o que tem dificultado os trabalhos de limpeza.

Em abril de 2020, o governo da Indonésia lançou uma estratégia para combater o desperdício de plástico. Denise Hardesty participou no projeto. A investigadora da agência australiana de ciência CSIRO, especialista em poluição, explicou que têm vindo a ser recolhidas “quantidades enormes” de plástico das praias, uma situação” que está a piorar a cada ano.

“Não é recente nem é surpreendente, acontece todos os anos e tem vindo a piorar ao longo da última década.” cita o The Guardian.

Denise Hardesty tem trabalhado em conjunto com especialistas em poluição marinha e com o próprio governo da Indonésia no desenvolvimento da estratégia contra o desperdício de plástico. A agência australiana de ciência CSIRO espera, em breve, poder implementar um novo método na Indonésia que utiliza câmaras remotas e inteligência artificial para acompanhar estes fenómenos.

Entretanto, o governador de Bali, Wayan Koster, pediu medidas sérias para limpar as praias, um dos grandes atrativos para os turistas para os turistas que visitam Bali. A ilha é visitada por milhões de pessoas todos os anos.