Mundo

Redes sociais envolvem-se na tentativa de localizar agressor de Málaga

As redes sociais mobilizaram-se para ajudar a localizar um homem de 26 anos que alegadamente atacou com ácido duas mulheres em Málaga.

As redes sociais mobilizaram-se para ajudar a localizar um homem de 26 anos que alegadamente atacou com ácido na terça-feira, em Cártama (Málaga), Espanha, duas mulheres, que permanecem hospitalizadas, sendo uma delas sua ex-namorada.

Mensagens com fotos do alegado autor do ataque, descrições do veículo em que teria circulado e moradas de cidades onde viveu ou de locais em que poderia estar surgiram em várias contas no Facebook, Instagram ou no Twitter, depois de a polícia local ter pedido a colaboração da população.

As duas vítimas permanecem hospitalizadas com queimaduras graves. Uma das vítimas encontra-se em estado muito grave, com queimaduras em mais de 70% do corpo, 45% das quais muito profundas, disse na terça-feira à agência EFE fonte do Hospital Virgen del Rocío, em Sevilha.

Ao início da tarde de terça-feira, uma testemunha alertou as autoridades que uma pessoa a partir de um carro, tinha atacado, com algum tipo de ácido, duas mulheres que estavam dentro de uma outra viatura.

A Guardia Civil procura um homem de 26 anos, com um historial de agressões, de acordo com fontes ligadas à investigação.