Mundo

Polícia para condutor em excesso de velocidade que ia a caminho do hospital com mulher grávida

Canva

O que aparentava ser uma operação Stop normal transformou-se num momento que nem polícia, nem a família que seguia no carro vão esquecer.

Passava pouco das duas da manhã quando a uma patrulha mandou parar um carro que seguia em excesso de velocidade numa estrada em Seminole County, na Flórida, nos EUA, conta a CNN.

O condutor começou imediatamente a fazer sinais à polícia para se aproximar e explicou que seguiam em direção ao hospital, e que a mulher, que ia ao lado, estava grávida e com contrações de cinco em cinco minutos.

Os polícias chamaram uma ambulância ao local, no entanto, e segundo o relatório citado pela CNN, houve falhas de comunicação ao confirmar se o veículo de emergência estava a caminho.

Com o tempo a passar, a situação da grávida complicou e o bebé acabou por nascer no local.

"Aproximei-me da mulher e vi claramente a cabeça de um bebé", relatou um dos polícias.

A mãe e o recém-nascido foram levados para o hospital mais próximo. A Florida Highway Patrol, da qual faziam parte os dois polícias, confirmam que a família está bem e que não foi passada nenhuma multa ao condutor por excesso de velocidade.