Mundo

Julgamento de Netanyahu. Primeiro-ministro israelita diz ser alvo de caça às bruxas

Benjamin Netanyahu está acusado de suborno, fraude e abuso de confiança.

Começaram esta segunda-feira a ser ouvidas as testemunhas no processo contra o primeiro-ministro de Israel. Na sessão à porta fechada, o procurador-geral acusou Benjamin Netanyahu de uso ilegítimo do poder.

O primeiro-ministro defendeu-se e diz que está a ser alvo de uma caça às bruxas e acusou os procuradores de o quererem destituir do cargo.

Entre apoiantes e opositores, a população manifestou-se à porta do tribunal.

Netanyahu é o primeiro chefe de Governo da história de Israel a enfrentar acusações criminais durante o mandato.