Mundo

Consumo de bebidas alcoólicas adulteradas causa 47 mortes na República Dominicana

Eduardo Munoz

Segundo um relatório preliminar do Ministério da Saúde Pública.

O consumo de bebidas alcoólicas adulteradas com metanol causou a morte de 47 pessoas na República Dominicana nos últimos dias, segundo um relatório preliminar do Ministério da Saúde Pública.

As estatísticas divulgadas no sábado indicam que 12 dos mortos eram mulheres e 35 homens e, segundo o Ministério da Saúde, houve um pico de intoxicações durante a semana santa.

A Saúde Pública, em coordenação com a Procuradoria Especial para Crimes Contra a Saúde e as Direções Provinciais e Áreas de Saúde continuam com a procura ativa de casos, realizando inspeções e encerrando instalações onde são efetuados ou vendidos esses produtos.

As autoridades também instaram a população a não consumir esse tipo de bebida e todas aquelas que não possuem registo sanitário emitido pelo Ministério da Saúde, que garante a sua segurança para consumo humano.