Mundo

Morreu Oldemiro Balói, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros de Moçambique

LUSA/ Arquivo

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação moçambicano, Oldemiro Balói, morreu na segunda-feira, vítima de doença, numa unidade hospitalar da África do Sul, anunciou hoje a rádio estatal citando fonte familiar.

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação moçambicano, Oldemiro Balói, morreu na segunda-feira, vítima de doença, numa unidade hospitalar da África do Sul, anunciou hoje a rádio estatal citando fonte familiar.

Oldemiro Balói tinha 66 anos, era natural de Maputo e liderou a diplomacia moçambicana entre 2008 e 2017, sob a presidência de Armando Guebuza até 2015 e, depois, sob liderança de Filipe Nyusi, atual chefe de Estado e presidente da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo).

Em 2019, liderou a missão de observadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais na Guiné-Bissau.

Durante a década de 90 ocupou os cargos de vice-ministro da Cooperação e ministro da Indústria, Comércio e Turismo.

Entre 2012 e 2017, foi membro do comité central da Frelimo, partido no poder desde a independência.

Formado em Economia, ocupou em diferentes ocasiões o cargo de administrador do Banco Internacional de Moçambique (Millennium Bim).

  • A árdua experiência com a sustentabilidade 

    Mundo

    E se alguém lhe dissesse que passaria a viver num quarto, com eletricidade apenas para pequenos utensílios domésticos, sem aquecimento central, ar condicionado ou água quente. Teria apenas três conjuntos de roupa, sem máquina de lavar ou secar, faria dieta local sem produtos de origem animal e não andaria de automóvel nem de avião?

    Opinião

    João Abegão