Mundo

Acidente com Tesla faz 2 mortos. Lugar do condutor não estava ocupado

Social Media

Uma das vítimas mortais foi encontrada no lugar do pendura e a outra no banco de trás.

Dois homens morreram no sábado à noite depois de um carro elétrico, da marca Tesla, sem condutor, embater contra uma árvore nos arredores de Houston, no estado do Texas, nos Estados Unidos.

Uma das vítimas foi encontrada no lugar do pendura e a outra no banco de trás da viatura. Tinham 59 e 70 anos.

Segundo um responsável da polícia local, citado pelo The Guardian, o lugar do condutor não estava ocupado no momento do acidente. Depois do embate contra a árvore, o carro incendiou-se.

O canal de televisão local KHOU-TV diz que o Tesla Model S, de 2019, deslocava-se a uma velocidade acima da média quando não conseguiu fazer a curva e acabou por embater com a árvore.

Social Media

Até ao momento, nem a Tesla nem a National Highway Traffic Safety Administration, autoridade norte-americana responsável pela segurança rodoviária, reagiram ao acidente, que acontece numa altura em que a marca se prepara para atualizar o software que vai disponibilizar o sistema de "piloto automático completo" para mais condutores.

Sistema de piloto automático

No dia do acidente, Elon Musk, dono da Tesla, partilhou no Twitter parte de um estudo sobre a probabilidade de um Tesla em piloto automático se despistar.

Em janeiro, Elon Musk disse estar confiante de que o carro será capaz de se autopilotar com uma confiabilidade superior à condução humana, ainda este ano.

No entanto, até estar disponível para a maioria dos condutores nos Estados Unidos ainda tem de passar os regulamentos de segurança.

A Naional Highway Traffic Safety Administration diz que, só em março, foram abertos inquéritos a 27 acidentes rodoviários com carros da marca Tesla nos Estados Unidos, três deles há pouco tempo.