Mundo

Pablo Iglesias anuncia que se retira da política após vitória da direita em Madrid

Kiko Huesca

A direita espanhola e a sua candidata tiveram uma vitória esmagadora nas eleições regionais de Madrid.

O candidato às eleições regionais de Madrid do partido de extrema-esquerda Unidas Podemos, Pablo Iglesias, anunciou esta terça-feira que se retira da política, depois do mau resultado que obteve e do sucesso da direita.

"Abandono todos os meus lugares, vou deixar a política no sentido da política partidária", disse Iglesias a um grupo de ativistas do seu partido, depois de se saber o resultado das eleições regionais de Madrid.

Pablo Iglesias é o líder do Unidas Podemos e foi vice-presidente no Governo minoritário do primeiro-ministro socialista, Pedro Sánchez, tendo abandonado o executivo em março para concorrer às eleições regionais de Madrid que se realizaram hoje.

A direita espanhola e a sua candidata, uma personalidade em ascensão na política espanhola, Isabel Díaz Ayuso, tiveram uma vitória esmagadora nas eleições regionais de Madrid, alcançando quase a maioria absoluta.

O resultado destas eleições significa um contratempo para o Partido Socialista (PSOE) do primeiro-ministro Pedro Sánchez, que lidera uma coligação de esquerda, com o Unidas Podemos, no Governo nacional.