Mundo

Presidente mexicano pede desculpa pela violência praticada contra os povos maias

Henry Romero

Esta é a primeira vez que o Governo mexicano admite a discriminação e violência contra os maias.

O Presidente mexicano pediu desculpa pela violência praticada contra os povos maias desde a conquista espanhola, há 500 anos.

López Obrador referiu em especial o período da Guerra das Castas, no século XIX, em que morreram 250.000 pessoas.

Este é um momento histórico por ser a primeira vez que o Governo mexicano admite a discriminação e violência contra os maias.

É o primeiro de vários pedidos de desculpa que o executivo planeia fazer este ano durante as várias cerimónias de comemoração dos 500 anos da conquista espanhola e dos 200 anos da independência do México.