Mundo

Protestos na Colômbia fazem 24 mortos e 800 feridos

Dezenas de pessoas estão desaparecidas. 

Na última semana, os protestos na Colômbia fizeram 24 mortos, 800 feridos e dezenas de desaparecidos. Os manifestantes começaram por mostrar o desagrado com a reforma fiscal anunciada pelo governo. Consideravam-na inoportuna em tempos de pandemia, uma vez que iria afetar em demasia a classe média.

A proposta passava, por exemplo, pelo aumento dos impostos ou por mexidas no IRS.

Entretanto, a pressão já fez o governo de Ivan Duque desistir do projeto e levou à demissão do ministro das Finanças.

Mas os manifestantes continuam nas ruas, exigem mais medidas para combater a pobreza e as desigualdades sociais e pedem o desmantelamento da polícia antimotim, que tem sido acusada de abusar do uso da força durante os protestos.