Mundo

Tiroteio em festa de aniversário nos EUA. Suspeito estaria chateado porque não foi convidado

Informaram as autoridades norte-americanas.

As autoridades norte-americanas revelaram que o homem que matou seis pessoas numa festa de aniversário em Colorado Springs no fim de semana estava chateado por não ter sido convidado.

Segundo a BBC, a polícia diz que o atirador já teria tido um “conflito” com esta família num evento anterior e era um namorado ciumento. "Por trás deste ato horrendo está a violência doméstica", disse o chefe de polícia de Colorado Springs, Vince Niski, em entrevista na terça-feira.

"Quando não foi convidado para a reunião de família, o suspeito respondeu abrindo fogo."

As autoridades dizem ainda que o homem "exibia problemas de poder e controlo" e mantinha o relacionamento com a namorada há cerca de um ano. Não tinha antecedentes criminais.

Depois de ter disparado sobre as vítimas, o atirador suicidou-se

O tiroteio ocorreu na madrugada de domingo, com a polícia a ser alertada pelas 00:18 locais (07:18 em Lisboa), tendo encontrado no local seis mortos e outro homem ferido que foi transportado para um hospital próximo, onde acabou por morrer.

Não houve feridos entre as crianças presentes na festa, que se encontram agora sob a custódia de outros familiares, indicou na nota a polícia de Colorado Springs.