Mundo

Sobe para 12 o número de mortos em dois tornados na China

Wuhan, China

STRINGER

Quase 30 casas ruíram, de acordo com as autoridades Hubei.

O número de vítimas de dois tornados que atingiram o centro e o leste da China subiu para 12 mortos e mais de 400 feridos, anunciaram hoje as autoridades locais.

O último balanço apontava para 10 mortos e 300 feridos.

Ventos fortes de mais de 260 km/h varreram a metrópole central chinesa de Wuhan na sexta-feira à noite, o local de nascimento da pandemia do coronavírus.

A tempestade fez oito mortos e 280 feridos e provocou danos significativos, disseram as autoridades da província de Hubei, da qual Wuhan é capital, em conferência de imprensa.

As rajadas eram tão fortes que duas gruas de construção foram danificadas, uma delas desabando num estaleiro de construção, causando grandes danos materiais.

Além de veículos danificados por objetos em queda, árvores foram arrancadas e postes de eletricidade derrubados, deixando mais de 26.000 casas sem energia.

Quase 30 casas ruíram, de acordo com as autoridades Hubei.

A cidade de Suzhou, perto de Xangai, também foi atingida na sexta-feira à noite por um poderoso tornado com ventos de mais de 200 km/h, de acordo com as autoridades locais.

Um relatório dizia que quatro pessoas foram mortas e uma desaparecida, e 130 ficaram ligeiramente feridas.

Imagens publicadas em redes sociais mostraram um redemoinho negro causando danos significativos.

Uma violenta tempestade com ventos fortes matou 11 pessoas numa cidade perto de Xangai, no início de maio.