Mundo

Barack Obama e Marcus Rashford numa conversa improvável por Zoom

O ex-Presidente dos EUA e o jogador do Manchester United chegaram à conclusão que têm muito em comum.

Barack Obama esteve à conversa com Marcus Rashford, jogador do Manchester United, sobre o papel dos jovens na sociedade. A conversa realizou-se via Zoom e foi moderada por June Sarpong, uma apresentadora britânica.

O ponto de partida da conversa foi o livro de memórias do ex-Presidente dos Estados Unidos, "Uma Terra Prometida". A discussão centrou-se essencialmente na importância de retribuir à comunidade local e no impacto positivo da leitura.

Obama disse que a mãe "plantou esse amor pela leitura" e Rashford disse que os livros lhe deram a liberdade de seguir suas próprias ideias.

Os dois falaram ainda sobre experiências que ambos partilharam em criança, incluindo o facto de terem sido criados por mães solteiras.

"É muito surreal, não é? Estou sentado na minha cozinha, em Manchester, a falar com o Presidente Obama. Mas ele deixou-me à vontade desde logo", disse jovem de 23 anos.

"Eu não pensei que um dia seria Presidente dos Estados Unidos. Se eu tivesse mais talento, provavelmente teria preferido ser um atleta profissional como o Marcus", disse Obama, provocando alguns risos a quem estava a participar na reunião.

Em 2020, no âmbito da pandemia de covid-19, Rashford liderou uma campanha de combate à pobreza alimentar infantil no Reino Unido. Conseguiram ajudar 1,7 milhões de crianças em situação vulnerável e entregar cerca de 130 milhões de refeições.

O ex-Presidente dos EUA elogiou a iniciativa. "Mesmo que façamos algo positivo numa pequena escala, isso vai fazer a diferença. Este conjunto de pessoas que fazem coisas positivas ao longo do tempo, vai tornando-nos melhores a cada geração", disse Obama.

“Muitos dos jovens que conheço - incluindo Marcus - estão muito à frente de onde eu estava quando tinha 23 anos. Eles já estão a fazer mudanças positivas na sua comunidade”, rematou.

"Não levou muito tempo até eu perceber o quão alinhadas as nossas experiências foram, enquanto crianças, na formação dos homens que somos hoje - adversidade e obstáculos. Gostei de cada minuto. Quando o Presidente Obama fala, tudo o que queres fazer é ouvir", afirmou Rashford.

A conversa na íntegra deverá ser publicada hoje à tarde no canal da Penguin UK no YouTube.