Mundo

Avião de carga faz amaragem de emergência ao largo do Havai. Tripulação já foi resgatada

Pilotos reportaram problemas no motor do avião de carga, um Boeing 737, e estavam a tentar regressar a Honolulu.

Um avião de carga fez uma amaragem de emergência no oceano Pacífico, ao largo de Honolulu, Havai, esta sexta-feira de manhã. De acordo com a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) seguiam duas pessoas a bordo, que foram já resgatadas.

Os pilotos do voo 810 da companhia Transair reportaram problemas no motor do avião de carga, um Boeing 737, e estavam a tentar regressar a Honolulu, capital do Havai, quando foram forçados a fazer uma aterragem de emergência na água.

"Os pilotos relataram problemas no motor e estavam a tentar chegar a Honolulu quando foram forçados a pousar a aeronave na água", explicou a FAA em comunicado. "De acordo com informações preliminares, a Guarda Costeira dos EUA resgatou os dois tripulantes", acrescentou ainda.

Os membros da tripulação foram levados para o Queens Medical Center, no entanto ainda não há informações sobre o estado de saúde.

Segundo a CNN, o avião tinha descolado do Aeroporto Internacional Daniel K. Inouye, em Honolulu, às 01:33, hora local. Logo após levantar voo, quando foram relatados problemas no motor, foi desviado para o Aeroporto de Kalaeloa. A amaragem acabou por acontecer a cerca de três quilómetros a sul de Kalaeloa, segundo a Guarda Costeira dos EUA disse à CNN.

A FAA e a National Transportation Safety Board (organismo federal responsável pela investigação de acidentes no setor dos transportes) vão investigar o caso, segundo a agência norte-americana Associated Press (AP), que acrescentou que, neste momento, não existem mais informações disponíveis sobre o incidente.