Mundo

Pelo menos 19 desaparecidos em aluimento de terras no centro do Japão

KYODO

As operações de busca estão já a decorrer em Atami, cidade conhecida pelas águas termais.

Pelo menos 19 pessoas foram dadas como desaparecidas, na sequência de um aluimento de terras, em Atami, a oeste de Tóquio, disseram este sábado as autoridades japonesas.

As operações de busca estão já a decorrer em Atami, cidade conhecida pelas águas termais, onde o acidente ocorreu esta manhã, indicaram as autoridades de gestão de desastres na província de Shizuoka, no centro do país.

KYODO

Desde o início da semana que aquela zona tem registado chuvas intensas.

Imagens difundidas pela televisão japonesa mostravam torrentes de lama a arrastar construções na cidade costeira de Atami, enquanto os habitantes procuravam refúgios seguros.

"Não temos informações relativas à segurança de 19 pessoas", declarou o responsável do departamento para a gestão das catástrofes naturais.

As autoridades locais pediram já ajuda às Forças de Autodefesa japonesas para organizar uma missão de socorro, acrescentou.

KYODO

Um responsável de Atami indicou que o aluimento de terras ocorreu às 10:30 (02:30 em Lisboa), com "várias casas" a serem arrastadas e um corte de eletricidade que afetou cerca de 200 habitações.

A circulação do Shinkansen, comboio de grande velocidade japonês, foi temporariamente suspensa entre Tóquio e Osaka (oeste) devido à chuva forte. Outros comboios também deixaram de circular, de acordo com os sites das companhias ferroviárias.

Grande parte do Japão está em plena época das chuvas, que provocam frequentemente inundações e aluimentos de terra.