Mundo

Demolido o resto do prédio de Miami que ruiu. Implosão facilita buscas no local

Há 121 pessoas desaparecidas.

Nos Estados Unidos, a tempestade tropical e os riscos para as equipas de resgate levaram a uma decisão difícil. Ainda com 121 desaparecidos, foi demolido o resto do prédio de Miami que ruiu há duas semanas.

Com explosivos e de forma controlada, a implosão derrubou o que ainda restava da Torre Sul Champlain, em Miami.

Na origem da decisão para a demolição total: os riscos existentes para as equipas de resgate agravados pela aproximação da tempestade tropical Elsa.

Durante 11 dias, centenas de pessoas, numa operação federal, procuraram sobreviventes nos escombros.

Localizado em Surfside, o prédio de 40 anos ruiu parcialmente na noite de 24 de junho.

Apesar das buscas imediatas, nenhum sinal de vida até agora. Foram resgatados 27 corpos. Há ainda 121 desaparecidos.

Foi já aberto um inquérito oficial às causas do desmoronamento.

Há três anos, uma vistoria ao condomínio detetou falhas graves nas estruturas das garagens subterrâneas. Revelou como foram evitadas as inspeções técnicas obrigatórias a este complexo habitacional do sul de Miami.