Mundo

Dia da Independência na Venezuela. Maduro promete regresso à prosperidade

A data foi assinalada em Caracas, com uma parada militar.

A promessa foi deixada pelo Presidente da Venezuela, nas celebrações dos 210 anos de independência. A data foi assinalada em Caracas, com uma parada militar.

Com o regime venezuelano a não dar quaisquer sinais de mudança, os EUA, Canadá e UE só admitem rever as sanções se Maduro aceitar eleições livres e transparentes.

O líder venezuelano insiste que as sanções são uma forma de perseguição e se integram no que diz ser "um golpe " contra o regime.

Mesmo assim, Nicolás Maduro promete recuperar o que chama de "bem-estar socialista".

"A celebração dos 210 anos de independência, hoje, é um compromisso à recuperação e reabilitação do bem-estar socialista criado pela Revolução Boliviana" acrescenta, ainda, que se devem "encontrar caminhos para um desenvolvimento viável, sustentável e forte".

Veja também:

  • 2:29