Mundo

Guarda do Parque de Yosemite deixa apelo emocionado nas redes sociais após morte de urso

Uma cria de urso foi atropelada e o guarda fez um apelo aos automobilistas.

O atropelamento de uma cria de urso no Parque Nacional de Yosemite, nos Estados Unidos da América, levou um dos guardas do parque a fazer um apelo aos automobilistas: conduzir devagar e ficar alerta.

O apelo foi deixado na página oficial do parque, no Facebook, na passada semana, juntamente com uma fotografia comovente da mãe-urso ao lado da cria, que acabou por morrer. Não tinha mais do que 6 meses e pesava cerca de 11 quilos.

"Recebemos esta chamada muitas vezes. Demasiadas, para ser honesto. Urso atingido por um veículo, morto à beira da estrada. Infelizmente, tem-se tornado uma rotina", é possível ler na publicação.

O guarda explicou que tiveram de afastar o animal da estrada e esclareceu que vão ser tomadas medidas, e será aberta uma investigação.

"Tentei lembrar-se de quantas vezes já fiz isto e, honestamente, não sei. Não é para isto que qualquer um de nós se inscreve, ainda assim faz parte do trabalho", escreve o guarda no Facebook.

"Nunca deixou a sua cria"

Na publicação, revelou que, durante o processo de remoção do animal, foi surpreendido por uma visita inesperada: um outro urso.

"Levantei-me rapidamente e o urso correu para o mato, mas parou não muito longe e ficou a olhar para mim. Agindo por instinto, peguei um pedaço de madeira e bati numa árvore para o assustar."

Pensou que se tratasse de um dos muitos ursos que há pelo parque e que estaria ali por caso, mas o que aconteceu a seguir surpreendeu o guarda. Percebeu que o urso estava de luto.

"Atrás de mim, ouço um grunhido profundo, mas suave. Soube imediatamente o que era. Era o som que os ursos fêmeos fazem para chamar as suas crias. Virei-me e lá estava ela, a olhar fixamente para mim. Era a mãe e nunca deixou a sua cria."

O guarda revelou que o urso não parou de "chamar" pela cria, "cada vez mais em sofrimento". Foi na altura em que se afastou, que o guarda conseguiu captar o momento numa fotografia, que utilizou agora para chamar a atenção para o perigo que os automobilistas podem representar para os ursos.

De acordo com a CNN, entre 300 a 500 ursos-negros estão presentes no Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia, e estão particularmente ativos nesta altura devido à temporada da framboesa na região.

Este ano, oito ursos já morreram, no parque, depois de serem atropelados por veículos.

  • 1:57