Mundo

"O disparo foi tão próximo que parecia ter sido mesmo por cima da minha cabeça"

O relato de uma testemunha do tiroteio numa loja nos Estados Unidos. Jason Lusk.

Um tiroteio ocorrido esta quinta-feira numa mercearia no leste de Memphis, no Estado norte-americano do Tennessee, causou um morto e 13 feridos.

Um homem entrou aos tiros no edifício e mais tarde, o próprio atirador foi encontrado morto pela polícia.

As motivações e a identidade são ainda desconhecidas.

De acordo com as informações disponíveis, alguns dos feridos foram internados em estado grave.

Jason Lusk, uma testemunha do ataque, diz que sentiu o impacto de um dos disparos.

"O disparo foi tão próximo que parecia ter sido mesmo por cima da minha cabeça", revela.

"À medida que os disparos começaram, atirei-me para o chão, para a frente do meu carro, para conseguir proteger-me e disse às pessoas à minha volta para se esconderem", continuou.

O chefe da polícia de Collierville, Dale Lane, disse que este era um dia triste para o seu departamento.

"Estou neste serviço há 34 anos e nunca vi nada como isto", declarou aos jornalistas.