Mundo

Autor do ataque com arco e flecha na Noruega estava sinalizado pela polícia

Suspeito tem cadastro e ter-se-á radicalizado em 2020.

O ataque com arco e flecha numa cidade norueguesa, que matou cinco pessoas, está a ser encarado como um ato terrorista. O homem foi capturado e a identidade confirmada pelas autoridades.

O autor do ataque é Espen Andersen Bråthen, de 37 anos, nacionalidade dinamarquesa, residente na cidade norueguesa de Kongsberg, a cerca de 80 quilómetros a oeste de Oslo.

Esta quarta-feira, terá pegado num arco e flecha e ainda outras armas não reveladas pela polícia e começou a atacar de forma, aparentemente, aleatória os clientes de um supermercado nesta pacata cidade.

Quatro mulheres e um homem, entre os 50 e os 70 anos, foram mortos no local, e três outras pessoas ficaram feridas, entre eles um agente da polícia de folga que ajudou a alertar potenciais vítimas.

O atacante já seria conhecido das autoridades. Para além de condenações por roubo e posse de droga, detinha uma proibição judicial de se aproximar dos pais, por os ter ameaçado de morte. Em 2020, terá sido sinalizado por radicalização islâmica.