Mundo

Principal rio do estado de São Paulo está coberto por uma espuma tóxica

A poluição está a ter um forte impacto na vida do rio e na população que mora na áreas mais próximas.

O principal rio do estado de São Paulo, no Brasil, está coberto por uma espuma tóxica causada pelo escoamento de resíduos não tratados. A poluição está a ter um forte impacto na vida do rio e na população que mora na áreas mais próximas.

A superfície do rio Tietê está coberta com uma espessa camada de espuma tóxica, resultado do escoamento de resíduos domésticos sem tratamento de 39 cidades da região metropolitana.

Esta poluição está a matar milhares de peixes e a libertar gases com mau cheiro para as comunidades ribeirinhas.

A Fundação SOS Mata Atlântica diz que a empresa de energia que controla as barragens do rio abriu as comportas para escoar o excesso de água gerado pela chuva.

No fundo dessas águas estavam toneladas de produtos químicos e sedimentos contaminados, que se acumularam durante meses.

Há décadas que o rio está poluído, mas os esforços do Governo para o limpar não têm sido suficientes, apesar da pressão dos ativistas.

  • A escola como uma gigantesca perda de tempo

    País

    Pode ser Eva. Fez um teste de Geografia e foi a única da turma a ter negativa. Dos seus olhos formosos e inexpressivos, num rosto negro como o touro do Herberto Helder, ruíram-lhe duas lágrimas. Mas daquelas que represam tanta água - tanta mágoa - que deixam cicatrizes aquosas. 43%.

    Opinião

    Rui Correia