Mundo

EUA enviam equipa para o Haiti para ajudar na investigação ao rapto de 17 missionários

Ricardo Piano

Ricardo Piano

Editor de Imagem

No grupo estão 16 norte-americanos e um canadiano.

Iam a caminho de casa vindos de um orfanato, quando foram obrigados a sair do veículo em que seguiam e levados para parte incerta.

As autoridades do Haiti dizem que no grupo estavam 16 norte-americanos e um canadiano, incluindo pelo menos três crianças.

De acordo com testemunhas, o rapto aconteceu no território do gangue 400 Mawozo, um dos mais perigosos do Haiti.

O episódio acontece dias depois da visita de altos responsáveis norte americanos e de promessas de apoio e recursos para as forças policiais haitianas, tais como 15 milhões de dólares para ajudar a reduzir a violência de gangues.

Os sequestros são cada vez mais recorrentes no país e tornaram-se numa fonte de rendimento para grupos armados. Só este ano registaram-se mais de 620 raptos.

  • Esqueçam o atrás...

    Tenham noção

    O recado de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre redundâncias. Tenham noção que dizer ou escrever "há cinco anos atrás", "subir para cima" ou "descer para baixo" é desnecessário.

    SIC Notícias