Mundo

Homem condenado a 25 anos de prisão por envenenar filha recém-nascida 

Canva

As autoridades descobriram o crime através do histórico no telemóvel do britânico de 21 anos, que pesquisou na internet "como envenenar um bebé" e "como matar um recém-nascido".

Um jovem do Reino Unido foi condenado a 25 anos e seis meses de prisão por tentativa de homicídio, depois de tentar envenenar a filha recém-nascida.

James Bailey foi detido depois de a filha de três semanas ter sido levada inconsciente para o hospital, em junho de 2020.

De acordo com o Independent, os testes à urina da recém-nascida revelaram valproato de sódio, um medicamento usado para o tratamento de epilepsia e bipolaridade, que podia ter sido fatal para a bebé.

Durante a investigação, as autoridades descobriram que o jovem de 21 anos estava a tomar medicação para a epilepsia e emitiram um mandato de busca à sua casa, onde encontraram uma receita médica em seu nome, com um medicamento que contém valproato de sódio.

James Bailey foi detido por suspeitas de tentar envenenar a criança, enquanto a polícia continuou a investigação.

Mais tarde, as autoridades encontraram evidências do medicamento no biberão da criança e as perícias feitas ao telemóvel de Bailey revelaram que o jovem tinha pesquisado na internet "como envenenar um bebé" e "como matar um recém-nascido".

A bebé sobreviveu e, de acordo com o jornal britânico, "está em segurança", apesar de não se saber, até ser mais velha, se ficará com sequelas.

Em junho, James Bailey admitiu em tribunal a tentativa de homicídio e, esta segunda-feira, começou a cumprir a pena de 25 anos e seis meses.