Mundo

Criança de 11 anos é a única sobrevivente em acidente de avião nos Estados Unidos

Canva

A menina contou à mãe que a última memória que tem antes do acidente é o pai a protegê-la.

Uma criança de 11 anos foi a única sobrevivente de um despiste de avião que aconteceu, no passado sábado, no lago Michigan, nos Estados Unidos. A menina contou à mãe que o foi o pai quem a protegeu durante a queda da aeronave.

É a sua última memória antes do embate”, conta a mãe da criança, Christina Perdue, numa conferência de imprensa. Laney Perdue continua internada no hospital de Grand Rapids, no Michigan, mas está estável, avançou ainda a mãe.

O acidente aconteceu no passado sábado, no aeroporto Welke, na ilha Beaver, localizada na parte norte do Lago Michigan. O alerta foi dado pelas 13:30 (18:30 em Lisboa), explica à ABC News as autoridade local.

Um helicóptero da Guarda Costeira de Great Lakes, que estava a realizar um exercício de treino, acorreu ao local, tendo conseguido resgatar da aeronave a criança e um passageiro do sexo masculino. As duas vítimas foram transportadas para o hospital McLaren Northern Michigan, mas o homem acabou por não sobreviver.

Segundo a Administração Federal de Aviação, a aeronave da Island Airways estaria a aterrar quando se deu o acidente. Entre os passageiros estava também o pai da criança, Mike Perdue, não tendo sobrevivido ao embate.

“Estamos de coração partido com a morte do meu marido, um pai, irmão, filho e amigo. Ele dava os melhores abraços e eu acredito que ele agarrou a nossa filha e a protegeu”, disse ainda Christina Perdue.

Entre as vítimas estão também Kate Leese e Adam Kendall, um casal que estaria a pensar mudar-se para a ilha. A identidade do piloto – que também faleceu no acidente – não foi divulgada pelo autoridades, uma vez que os familiares ainda não foram alertados.