Mundo

Roberta Metsola poderá ser a terceira mulher Presidente do Parlamento Europeu

Thierry Monasse

Parlamento Europeu elegge Presidente em janeiro.

O Parlamento Europeu poderá voltar a ter uma mulher como presidente já a partir de janeiro. A maltesa Roberta Metsola foi esta quarta-feira escolhida pelo grupo do Partido Popular Europeu para ser a candidata ao cargo.

Em mais de seis décadas, o Parlamento Europeu só teve duas mulheres presidentes. Metsola, de 42 anos, poderá ser a terceira.

A eurodeputada do PPE, que é atualmente uma das vice-presidentes do Parlamento, tem os votos da bancada de centro-direita, incluindo do PSD e CDS, e estará também a contar com o apoio dos socialistas europeus e com o acordo feito entre as duas maiores bancadas em 2019.

Na altura, o PPE apoiou a eleição do atual presidente, o socialista italiano David Sassoli, agora espera que o centro-esquerda retribua. No entanto, e ao que a SIC apurou, os socialistas e democratas poderão ainda mudar de ideias e dar o acordo como inválido.

O Presidente do Parlamento Europeu é eleito por um período de dois anos e meio. A próxima votação é em meados de janeiro. Quem vencer fica até ao final da legislatura, que termina na primavera de 2024.

Saiba mais