Mundo

Ladrão de presuntos condenado a prisão e a multa pesada

Ladrão de presuntos condenado a prisão e a multa pesada
Ivan / Getty Images
No total, e ao longo de seis anos, roubou presuntos que valiam 520 mil euros.

Um homem de Huelva, no sul de Espanha, foi preso por defraudar os seus empregadores em 520 mil euros, depois de ter roubado e revendido sete mil presuntos.

O homem terá roubado os presuntos do armazém de cura onde trabalhou durante um período de seis anos, de 2007 a 2013.

No trabalho, estava encarregue de receber os presuntos e era responsável por todo o processo de cura. No entanto, terá aproveitado para os vender, através de um serviço de mensageiro.

Apesar de ter estado perante uma pena de seis anos, o espanhol foi condenado a 11 meses e 29 dias de prisão porque o caso demorou muito tempo a chegar a julgamento, noticia o The Guardian.

Huelva é uma cidade espanhola famosa pelo seu Jamón de Jabugo - também conhecido como Bolota -, que é feito da pata de porcos pretos alimentados exclusivamente com bolota durante os últimos três meses de vida.

O homem e a mulher - sua cúmplice - foram condenados a pagar 529.900 euros aos empregadores.

Últimas Notícias
Mais Vistos