Mundo

Detido na Roménia acusado da morte por asfixia de 39 migrantes no Reino Unido

Detido na Roménia acusado da morte por asfixia de 39 migrantes no Reino Unido
DANIEL MIHAILESCU

O homem é acusado de ter "organizado e coordenado o transporte de numerosos migrantes" para o Reino Unido "num dos camiões pertencentes a um grupo de infratores".

A polícia romena deteve esta quarta-feira em Bucareste um homem procurado pela Justiça britânica devido à alegada responsabilidade na morte de 39 migrantes vietnamitas, asfixiados no camião onde viajavam escondidos para entrar no Reino Unido.

De acordo com um comunicado da polícia, o detido, de 48 anos, é alvo de um mandado de detenção europeu emitido pela Justiça britânica que o acusa de ter "organizado e coordenado o transporte de numerosos migrantes" para o Reino Unido "num dos camiões pertencentes a um grupo de infratores".

A polícia conduziu o suspeito, cuja nacionalidade não foi revelada, a tribunal, que decidiu a prisão preventiva por um período de 24 horas que pode ser prorrogado, enquanto se aguarda a decisão sobre a sua extradição para o Reino Unido.

Os acontecimentos, em relação aos quais já foram proferidas várias condenações, ocorreram em 2019 no condado de Essex, no sudeste de Inglaterra.

O camião frigorífico onde as vítimas eram transportadas, escondidas, chegou à ilha vindo da Bélgica.

Em janeiro de 2021, a justiça britânica condenou a penas entre 13 e 27 anos de prisão quatro membros do grupo de tráfico humano romeno-irlandês que organizou o transporte ilegal das 39 pessoas que morreram.

No início deste ano, um cidadão vietnamita foi condenado a 15 anos de prisão na Bélgica pelo seu envolvimento no caso.

Últimas Notícias
Mais Vistos