Mundo

Turista norte-americana violada em pleno centro de Paris

Turista norte-americana violada em pleno centro de Paris
Aurelien Meunier
Um homem de 23 anos de idade foi acusado e posteriormente detido. Ficou em prisão preventiva.

Um homem de 23 anos de idade foi acusado de ter violado uma turista americana numa casa de banho pública no centro de Paris, num caso que causou grande choque por ter acontecido numa zona bastante movimentada e considerada segura.

A mulher, de 27 anos, saiu com o seu parceiro na noite de sábado junto ao rio Sena, no coração do distrito turístico de Paris, não muito longe da Catedral de Notre Dame e da Câmara Municipal de Paris.

Pouco depois da 1:00, a mulher parou para usar uma casa de banho pública perto da ponte Louis-Philippe. A casa de banho, não muito longe dos bares, é considerada segura.

O jornal local Le Parisien relatou que o parceiro da mulher esperou por ela, mas ficou preocupado com o facto de ela estar a demorar muito tempo. Aproximou-se da casa de banho e ouviu o choro, foi então que encontrou a sua parceira a ser atacado.

Os seguranças que estavam na zona acorreram ao local e a polícia foi chamada. Ao chegar ao local, o atacante foi detido.

Sabe-se que vive em Asnières-sur-Seine, nos arredores de Paris e que, de acordo com a imprensa francesa, nos interrogatórios iniciais da polícia terá negado a violação, tendo dito que se tratou de um ato consentido.

A vítima foi imediatamente levada para um hospital de Paris. Depois de prestar o depoimento à polícia, juntamente com o seu parceiro, voaram de volta para os EUA.

A zona ribeirinha da margem direita do rio Sena, onde ocorreu o crime, é o local onde se realiza, por exemplo, a típica festa de verão "Paris Plages". Nesta época do ano, é bastante procurada por turistas que ali usufruem das esplanadas enquanto contemplam a margem do rio que atravessa a capital francesa.

Últimas Notícias
Mais Vistos