Mundo

Descobertas criaturas minúsculas em cavernas na Escócia

Descobertas criaturas minúsculas em cavernas na Escócia
Arterra / Getty Images
Registos deste género são muito raros no Reino Unido.

Foram descobertos raros crustáceos microscópicos em duas cavernas das Terras Altas, na Escócia.

As espécies de ostracodos foram descobertas na Smoo Cave, em Sutherland, e na Allt nan Uamh Stream Cave - também conhecida como "Caverna dos Ossos" -, em Assynt, e os investigadores acreditam que esta pode ser a primeira vez que se regista a sua presença na Escócia.

Os seres, que foram descobertos por Lee Knight e Dominika Wroblewska, têm cerca de um milímetro e vivem em piscinas dentro das cavernas.

"Estas criaturas vivem abaixo da superfície da Terra e as descobertas preliminares mostram que um dos ostracodos pode ser o primeiro descoberto na Escócia", disse Lee Knight.

Os espécimes foram provisoriamente identificados como Fabaeformiscandona latens, o que é muito importante já que os registos deste género são muito raros no Reino Unido.

A entrada da caverna Smoo, de 15 metros, é uma das maiores para uma caverna marinha de calcário na Grã-Bretanha e era usada há cerca de seis mil anos. Há quem acredite que era utilizada por contrabandistas e que tem ligações a histórias sobrenaturais.

Últimas Notícias
Mais Vistos