Mundo

Guarda-sol levado pelo vento matou mulher em praia nos EUA

Guarda-sol levado pelo vento matou mulher em praia nos EUA
Bradley Olson / EyeEm
Cerca de 3.000 pessoas são feridas por guarda-sóis em território norte-americano todos os anos.

Uma mulher morreu, na quarta-feira, depois de ser atingida por um guarda-sol levado pelo vento, numa praia no estado da Carolina do Sul, nos EUA.

Em Myrtle Beach, Tammy Perreault, de 63 anos, foi atingida no peito e acabou por morrer no hospital cerca de uma hora após o incidente.

Testemunhas dizem que o guarda-sol pertence ao Sea Watch Resort.

A Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos EUA alertou para a necessidade de prender devidamente os guarda-sóis na areia, para evitar este tipo de acidentes que se podem tornar mortais.

A agência federal norte-americana estima que cerca de 3.000 pessoas são feridas por guarda-sóis todos os anos.

Um bar localizado perto de onde o incidente ocorreu prestou homenagem a Tammy Perreault e descreveu-a como “querida amiga”.

Últimas Notícias
Mais Vistos