Mundo

Orçamento global do programa Erasmus+ quase duplicou em relação ao ciclo anterior

Orçamento global do programa Erasmus+ quase duplicou em relação ao ciclo anterior
Lorado

Com destaque para as ilhas e para jovens do interior e com menos oportunidades.

O orçamento global do programa Erasmus+ quase duplicou em relação ao ciclo anterior, com destaque para as ilhas e para jovens do interior e com menos oportunidades, informou, esta sexta-feira, a Agência Nacional Erasmus+ Juventude/Desporto e Corpo Europeu de Solidariedade (CES).

Os valores aprovados para 2021/22 dos programas Erasmus+ e CES atingem os 17,2 milhões de euros, diz a Agência num comunicado, divulgado esta sexta-feira, por ocasião do Dia Internacional da Juventude, que, esta sexta-feira, se assinala.

Segundo os dados apresentados no comunicado, do orçamento global 7,5% foram aprovados nas ilhas, 17% dos programas abrangem jovens e instituições do interior, e os jovens com menos oportunidades são destinatários de metade deste investimento.

“Até ao momento há 12.111 participantes nos programas Erasmus+ e CES”, refere o comunicado.

O Dia Internacional da Juventude, com origem em Portugal, tem foco na educação e consciencialização dos jovens sobre a responsabilidade que assumem como representantes do futuro do planeta.

Foi criado através da resolução 54/120, por iniciativa da Organização das Nações Unidas, em 1999, como resultado da Conferência Mundial dos Ministros Responsáveis pelos Jovens, reunida em Lisboa.

A data é assinalada com a apresentação, em Ponte de Sor, de um “roadshow” informativo que percorrerá o país até dezembro, encerrando no Dia Internacional do Voluntariado, a 5 de dezembro.

A iniciativa destina-se a divulgar a Agência e as oportunidades no âmbito dos programas Erasmus + e CES “de uma forma descentralizada e alargada, chegando ao maior número de jovens em todo o país”, e vai passar pelos 18 distritos do continente e regiões autónomas.

Últimas Notícias
Mais Vistos