Mundo

Alemanha e Polónia enfrentam o pior desastre natural em muitos anos

Alemanha e Polónia enfrentam o pior desastre natural em muitos anos
MARCIN BIELECKI
Governo polaco está a recorrer a laboratórios estrangeiros.

A Polónia está a recorrer a laboratórios estrangeiros para descobrir a causa da morte massiva de peixes no rio Oder, que corre também na Alemanha, considerado o pior desastre natural dos dois países em muitos anos.

A ministra polaca do Clima e Ambiente, Anna Moskwa, anunciou hoje através do Twitter que estavam a ser enviadas amostras para laboratórios na República Checa, onde o Oder inicia o seu curso, e também nos Países Baixos e no Reino Unido.

O Governo da Polónia, que tem sido acusado de responder demasiado lentamente ao problema, prometeu hoje localizar os responsáveis e já se comprometeu também a endurecer as leis contra os poluidores ambientais.

"Estamos determinados a fazer com que todas as pessoas e todos os estabelecimentos responsáveis por este tipo de incidentes sejam responsabilizados e sofram as consequências", disse Michal Dworczyk, chefe de gabinete do primeiro-ministro polaco.

SOPA Images

Durante a maior parte do seu curso, o rio flui através da Polónia e os peixes mortos no Oder foram notados pela primeira vez pelos pescadores no sudoeste do país no final de julho.

Os bombeiros polacos dizem ter removido quase 100 toneladas de peixes mortos até agora, enquanto as autoridades alemãs colocaram barreiras normalmente usadas para travar manchas de petróleo no rio, a jusante, para conter a propagação de peixes apodrecidos.

Alguns especialistas em ambiente dizem que as alterações climáticas podem ser a razão para a morte dos peixes, que com a falta de água ingerem toxinas, e um perito da Academia de Ciências da Polónia, Jacek Piskozub, realçou que isso seria pior do que qualquer caso de poluição acidental.

Últimas Notícias
Mais Vistos