Mundo

Passageiro parte cadeiras do avião durante voo entre cidades brasileiras

Passageiro parte cadeiras do avião durante voo entre cidades brasileiras
Rita Rogado
Homem alega que lhe foi administrada glicose sem a sua autorização.

Uma passageiro partiu as cadeiras do avião num voo entre São Paulo e o Recife, no Brasil, no domingo à noite. O homem alega que acordou com uma injeção de glicose, sem a sua autorização. Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o homem a pontapear as cadeiras.

No vídeo publicado nas redes sociais, é possível ver o homem, que estava sentado no avião, a pontapear os bancos da frente, com fúria, enquanto um tripulante retira do local o material partido.

Antes do sucedido, a tripulação suspeitou que o homem estivesse desmaiado. Por isso, com o auxílio de um médico, foi-lhe administrada glicose na veia. O passageiro terá acordado agitado e começou a partir as cadeiras do avião. Entretanto, as autoridades explicaram que o homem estava bêbado.

Já num vídeo publicado nas redes sociais, o homem afirmou:

Enfiaram-me uma agulha sem eu saber.

O homem, de 34 anos, teve de ser contido pela tripulação e pela Polícia Federal. As autoridades acompanharam o seu desembarque através da porta de trás.

"Todas as ações e procedimentos adotados pela companhia foram tomados com foco na segurança da tripulação e dos passageiros", referiu a companhia aérea, em comunicado.

O voo, operado pela Gol Linhas Aéreas, saiu de São Paulo e tinha como destino o Recife, no Brasil.

Últimas Notícias