Mundo

Japão cria concurso nacional para aumentar consumo de álcool no país

Japão cria concurso nacional para aumentar consumo de álcool no país
BEHROUZ MEHRI
No Japão, o consumo de álcool tem diminuído ao longo dos anos, situação que tem afetado negativamente a indústria das bebidas alcoólicas.

O consumo de álcool tem diminuído drasticamente no Japão ao longo dos anos, situação que tem afetado negativamente a indústria das bebidas alcoólicas. Para reverter este facto, a autoridade fiscal do país criou um concurso nacional para promover o consumo de álcool.

O Japão é o país do mundo com a maior percentagem de pessoas com mais de 65 anos, esta fatia da população representa 29% do total de habitantes da nação. Esse dado, aliado à baixa natalidade que se tem registado no país levou a que o consumo de bebidas alcoólicas diminuísse drasticamente nos últimos anos.

Segundo a agência fiscal japonesa, os cidadãos do país consumiram menos álcool em 2020 do que consumiam no passado. Nesse ano, a receita gerada pelo consumo de álcool representou 1,7% do valor total arrecadado pelos impostos, enquanto que em 1980, esse valor situava-se nos 5%.

Se os fatores demográficos influenciam este decréscimo de consumo, o facto de os jovens japoneses já não demonstrarem tanto interesse por bebidas alcoólicas como outrora, também tem influenciado negativamente esta estatística. Segundo a autoridade fiscal do Japão, os hábitos criados durante o período mais crítico da covid-19, vieram afetar as vendas de álcool no país.

Para combater esta crise no setor, o Governo japonês está a promover um concurso nacional que permite aos jovens entre os 20 e os 39 anos partilharem as suas ideias de negócio, de modo a revitalizar o mercado das bebidas alcoólicas. O projeto dá pelo nome de 'Sake Viva!' e inspira-se na tradicional bebida japonesa, o saqué, produzida a partir, essencialmente, de arroz.

Tal medida, não passou despercebida e já reuniu variadas opiniões. Muitos concordam com a iniciativa, outros, no entanto, desaprovam a ideia, acusando o Governo japonês de incentivar um hábito pouco saudável.

O que é certo é que o concurso estará em funcionamento até ao final de setembro. As melhores ideias serão em seguida escolhidas e trabalhadas por especialistas, com o objetivo de serem formalmente apresentadas em novembro.

Últimas Notícias
Mais Vistos