Mundo

Itália retira títulos honoríficos a membros do Governo russo

Itália retira títulos honoríficos a membros do Governo russo
Antonio Masiello
Executivo italiano revoga títulos honoríficos que tinha atribuído a 10 cidadãos russos, incluindo a dois vice-ministros.

A Itália revogou os títulos honoríficos que tinha atribuído a 10 cidadãos russos, incluindo a dois vice-ministros, anunciaram, esta terça-feira, fontes oficiais.

Decretos do Presidente italiano, Sergio Mattarella, datados de 8 de agosto, revogam os títulos atribuídos aos vice-ministros dos Negócios Estrangeiros Alexander Grushko e Yevgeny Ivanov, segundo divulgou a agência italiana ANSA.

Grushko perdeu o título de Grande Oficial da Ordem da Estrela de Itália, que lhe foi conferido há um ano.

Já Ivanov e o vice-presidente da Duma (câmara baixa do Parlamento russo), Alexey Gordeyev, perderam os títulos de Cavaleiros da Ordem da Estrela de Itália.

Os títulos honoríficos destas personalidades e de outros cidadãos russos foram revogados depois de a Itália ter declarado os destinatários indignos deles.

A Itália já tinha antes revogado os títulos honoríficos de outros altos funcionários russos.

Últimas Notícias
Mais Vistos